Campanha possibilita redução do consumo de energia no Fórum Criminal

Uma iniciativa adotada pela Diretoria do Fórum Criminal Ministro Evandro Lins e Silva, que visa a conscientização dos servidores, magistrados e colaboradores para redução do consumo de energia elétrica tem surtido resultados desde que a campanha foi implantada no ano de 2016.

O diretor do Fórum Criminal, juiz Breno Coutinho, agradeceu os magistrados, servidores e colaboradores pelo sucesso alcançado na economia de energia elétrica. “Sem o apoio, colaboração e compreensão de todos não seria possível alcançarmos nossos objetivos. Ao mesmo tempo, damos nossa contribuição ao Meio Ambiente” disse.

De acordo com o gestor do Fórum Criminal, Vilton Flor, o prédio foi construído para aproveitar ao máximo a iluminação natural, com a implantação de salas com amplas janelas de vidro, com dutos de ventilação. É uma construção que atende às exigências do Código de Defesa do Meio Ambiente, bem como Resoluções do Conselho Nacional de Justiça e do Tribunal de Justiça de Roraima.

Além disso, de acordo com o gestor, o sistema de ar-condicionado é do tipo inteligente (VRF), no qual é possível economizar mais energia em relação aos condicionadores existentes no mercado.

Boa Vista, 23 de fevereiro de 2018.