AUXÍLIO PARA ORGANIZAÇÃO - Servidores e magistrados recebem orientações sobre minimalismo

Além de ajudar a organizar e promover uma nova visão, a iniciativa apresentou sugestões de como melhorar o modo de vida no trabalho

Foto: Divulgação

O servidor Alexandre Guilherme apresentou as práticas do Minimalismo para os colegas do judiciário


Visando auxiliar na organização da rotina do dia a dia de trabalho e promover uma nova visão para o servidor, a SGE (Secretaria de Gestão Estratégica) do TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima), por meio da Ejurr (Escola do Judiciário de Roraima), realizou um curso sobre o Minimalismo no trabalho, ministrado pelo servidor Alexandre Guilherme.
Segundo a subsecretária de Planejamento e Gestão de Projetos, Erika Horta, a iniciativa surgiu para que as pessoas vejam que, quando se começa a eliminar coisas desnecessárias, é possível gerar imediatamente vários benefícios de viver com menos.
“Durante o curso, nos foi ensinado a aprender a administrar e ordenar as nossas prioridades, além de aprender a viver com o essencial e eliminar tudo aquilo que está em excesso. Nós podemos levar isso tanto para o nosso trabalho quanto para a nossa vida”, comentou.
MINIMALISMO -  Minimalismo é a busca de uma vida mais significativa. É reavaliar prioridades para que seja possível se desfazer de coisas em excesso. Para aqueles que adotam o estilo minimalista, esta prática é a única maneira de viver com as coisas realmente necessárias. Uma maneira de tornar a vida melhor.